Centro de Turismo de Natal: história e curiosidades

centro de turismo de natal prédio histórico
7 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A incrível cidade de Natal reúne atrações turísticas para todos os gostos, estilos e idades: desde monumentos históricos, igrejas e fortalezas até uma agitada vida noturna, passando, é claro, pelas praias exuberantes. Isso sem contar a gastronomia pra lá de especial!

O Centro de Turismo de Natal, sem dúvida, é uma daquelas atrações que você simplesmente não pode deixar de conhecer. O antigo prédio, que já foi presídio, orfanato e asilo, hoje abriga inúmeras lojas de artesanato local, uma galeria de arte contemporânea, uma lanchonete, um restaurante e um forró imperdível.

Sua localização privilegiada proporciona uma vista impressionante para a Fortaleza dos Reis Magos, o Rio Potengi, praias urbanas de Natal e a Ponte Newton Navarro, que liga as praias do Forte e da Redinha. Veja aqui um pouco da história e algumas curiosidades desse lugar tão especial!

O prédio do Centro de Turismo de Natal

Seguindo o estilo arquitetônico neoclássico, a construção foi erguida entre o final do século XIX e início do século XX, sendo restaurada na década de 1970 para receber o que hoje conhecemos como Centro de Turismo. Em 11 de agosto de 1988, o prédio foi tombado como patrimônio histórico e artístico estadual.

História

O prédio do Centro de Turismo de Natal é, por si só, parte da história da capital potiguar. Um painel montado no local traz informações detalhadas sobre a história do prédio e da cidade, enriquecendo intelectualmente o visitante com conteúdo interessante e atrativo: o espaço já foi casa de veraneio de um barão, asilo de medicante, orfanato, foi utilizado, durante a Segunda Guerra, como ponto estratégico pelos EUA, já foi presídio estadual e hoje, Centro de Turismo.

Há também uma galeria, que abriga exposições temporárias de arte popular, mas traz ainda um grande acervo de peças de artistas locais à venda, pinturas, esculturas, xilogravuras, livros raros e antiguidades.

O que encontrar no Centro de Turismo de Natal

Lojas

A maioria de suas lojas vende produtos regionais, valorizando a produção local e estimulando a economia da cidade e da região por meio de empreendedores de pequeno e médio porte.

As opções de compras incluem roupas femininas e masculinas, acessórios de cama, mesa e banho, além do incrível artesanato local: cerâmica, madeira, palha, louças diversas e muito mais.

Restaurante e lanchonete

Restaurante Marenosso tem pratos típicos da culinária potiguar, além de proporcionar uma vista incrível do litoral e oferecer experiências inesquecíveis aos turistas. Para os que procuram algo mais rápido do que uma refeição completa no restaurante, a lanchonete também oferece boas opções.

Forró com Turista

Tradicional festa da cidade que acontece nas dependências do Centro de Turismo de Natal todas as quintas-feiras, a partir das 22h, desde 1987, é uma das programações mais conhecidas da cidade.

O evento se inicia com repentistas que interagem com os turistas e cantam de modo improvisado sobre os estados e cidades de origem de alguns dos visitantes. Depois, dançarinos fazem apresentações de danças típicas da região e convidam aqueles que querem aprender mais sobre esse ritmo nordestino.

Pouco tempo depois, todo espaço já é preenchido por casais ao som de muito forró: grupos locais são convidados para tocar o tradicional forró pé de serra e, independentemente da época, sempre há uma quadrilha junina improvisada no final. A brincadeira começou na época do São João e hoje é tradição em qualquer mês.

A curtição ocorre até por voltas da uma hora da manhã com trio de forró pé de serra que reverenciam o tradicional forró. Os turistas e moradores locais interagem em uma festa incrível, regada de alegria e descontração. O evento acontece em todas as épocas do ano e atrai casais e famílias inteiras a procura de diversão.

Como chegar no Centro de Turismo

Independentemente do transporte utilizado, não é difícil chegar no local. No entanto, lembre-se de fazer reservas de hospedagens com antecedência para não passar por problemas de última hora.

Ônibus urbano

Uma das modalidades com um valor mais em conta é o transporte urbano. Nesse caso, você deve pegar duas conduções: uma de Ponta Negra até o Natal Shopping e outra para o Centro de Turismo, que fica localizado no bairro de Petrópolis.

Aplicativos de Transporte e Táxi

Caso opte por uma maior comodidade você também poderá ir ao Centro de Turismo através dos aplicativos de transporte ou táxi de uma forma bem fácil. Optando pelo aplicativo, ao abri-lo só escrever que deseja ir “Centro de Turismo” que já aparece o local com o seu endereço na Rua Aderbal de Figueiredo.

Escolhendo a opção de ir com Táxi a viagem também será tranquila, apenas informando ao taxista o local que deseja ir, todos já sabem onde fica esse local cheio de história, cultural e lazer.

Carro Alugado ou próprio

Se você vier a Natal com seu próprio carro ou optar em alugar um, também será super fácil chegar ao local. Caso se hospede nos hotéis de Ponta Negra ou da Via Costeira o caminho será o mesmo. Através da Avenida Senador Dinarte Mariz (também conhecida como Via Costeira) será onde seu trajeto se iniciará da forma mais agradável. Por essa via expressa você percorrerá por volta de 10km entre a mata atlântica e o mar.

Após esse percurso você irá virar a esquerda na segunda rotatória e subirá a belíssima Ladeira do Sol, onde possui uma bela vista. Após o fim da subida, nos próximos dois semáforos você virará à direita em ambos onde avistará no final o belo prédio de estilo Neoclássico, o Centro de Turismo de Natal.

Horários de funcionamento

O Centro de Turismo de Natal funciona diariamente das 8h às 18h. Entretanto, fique de olho nos feriados locais e horários específicos de abertura e fechamento de determinados estabelecimentos.

Restaurante Marenosso

O já mencionado restaurante Marenosso, por exemplo, é o único do lugar que só abre no almoço, com exceção das quintas-feiras, em que permanece aberto a noite, devido ao tradicional evento Forró com Turista. Você não vai querer deixar de conhecer esse espaço tradicional que existe desde 1986, certo?

O local conta com iguarias tradicionais feita com o melhor da cultura potiguar: há bolinho de macaxeira com camarão, carne de sol ou queijo coalho, por exemplo. Além dos famosos bolinhos de macaxeira o restaurante serve pratos voltados para a culinária regional e nacional.

Outras informações interessantes

O Centro de Turismo é o mais famoso centro de artesanato da capital potiguar, sendo o pioneiro nessa modalidade, recebendo bastante turistas do Brasil e do mundo inteiro durante todo o ano. Além do restaurante e da lanchonete, outros pequenos estabelecimentos vendem quitutes típicos regionais, como doces cristalizados, castanhas, cachaças, licores e muito mais.

As lojas ocupam o espaço que anteriormente abrigava as celas do presídio que funcionou no local entre 1945 e 1969. Que transformação significativa, não?

Esperamos que tenha gostado de aprender mais sobre a história do Centro de Turismo de Natal: sem dúvidas um passeio imperdível em sua passagem pela cidade! Entre em contato com a Forró com Turista e saiba mais informações sobre essa festa, que você não pode deixar de conferir!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-