Home Feijão-verde: conheça essa iguaria típica de Natal

Feijão-verde: conheça essa iguaria típica de Natal

O feijão é um prato típico brasileiro, e cada região do país tem suas especialidades e receitas, uma mais saborosa que a outra. No Rio de Janeiro, a tradicional feijoada agrada aos cariocas, o feijão marrom é preferência em São Paulo e o tutu é imbatível em Minas Gerais.

Mas quando se trata da região Nordeste, nenhum outro tipo de feijão é tão comum quanto o feijão-verde. Essa iguaria, apesar de estar presente na mesa de todos os nordestinos, é típica do Rio Grande do Norte, em especial da cidade de Natal, que a considera como o principal prato da culinária potiguar.

Além dos ricos nutrientes que esse grão oferece, o cheiro e sabor do feijão-verde são incomparáveis, e quem visita a cidade não resiste a essa delicia.

Se você tem uma viagem programada para Natal, com certeza, em algum momento, vai experimentar a verdadeira receita de lá. Mas antes de embarcar, que tal conhecer um pouco mais sobre esse prato?

A história do feijão-verde

Alguns estudos e relatos históricos apontam que esse grão é original do Peru, e se espalhou, com o passar dos anos, pela América Central e outros países da América do Sul, por meio das migrações dos indígenas locais naquela época.

Na Europa, ele foi introduzido no século XVI pelos primeiros exploradores espanhóis que chegaram ao nosso continente, e posteriormente difundido em todo o mundo. Mas com toda a certeza, em nenhum outro lugar do planeta, o feijão-verde conquistou tanto o gosto das pessoas como no Nordeste, e em especial o Rio Grande do Norte e sua capital Natal.

As propriedades e benefícios do feijão-verde para nossa saúde

Além de deliciosos, os grãos têm baixo teor calórico e suprem parte as proteínas diárias necessárias em nossa alimentação.

Para quem sempre busca perder uns quilinhos, o feijão-verde é um grande aliado, pois tem um efeito depurativo e ajuda a regular o aparelho digestivo, eliminando a prisão de ventre e inchaços.

Além desses benefícios, esse tipo de feijão também possui uma ação anti-inflamatória e antioxidante, e por ser muito rico em ferro, é ainda ideal no tratamento de anemia.

Sem colesterol e livre de qualquer tipo de gordura, quando cozido sozinho, esse grão é uma excelente fonte de energia.

A verdadeira receita potiguar.

Por mais que o feijão seja um ingrediente muito versátil, podendo ser servido das mais variadas formas, desde saladas a sopas, a preferência em Natal é a famosa receita preparada na nata, comum em todos os restaurantes da cidade.

Diferente dos demais grãos, o feijão-verde tem um tempo de cozimento bem inferior e seu caldo não engrossa como os outros.

Podendo ser incrementada ou não, com carnes diversas, o maior segredo da receita original, segundo o povo potiguar, está na adição da nata fresca, durante o cozimento, e de pedaços de queijo de coalho, que dão o toque especial ao delicioso prato típico do Rio Grande do Norte.

Deu água na boca? Se você vai visitar Natal não deixe de experimentar o feijão-verde e outras iguarias regionais. Siga nossa página no Facebook e conheça outras maravilhas de nosso estado.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *