Home Imperdíveis! Conheça 12 pratos típicos do Rio Grande do Norte

Imperdíveis! Conheça 12 pratos típicos do Rio Grande do Norte

Os pratos típicos do Rio Grande do Norte são bem variados, alguns até surpreendentes, mas agradam a todos os gostos. Como a culinária nordestina, a gastronomia potiguar é bastante diversificada e rica em ingredientes, temperos e aromas.

Por ser um dos principais produtores de camarão do país — cerca de 15 toneladas/ano —, o crustáceo é um dos ingredientes mais utilizados na culinária local, assim como outros frutos do mar. Mas existem muitas opções gastronômicas típicas, como carne de sol, baião de dois, feijão-verde, arroz de leite e até sobremesas, como o famoso doce de caju e a cartola.

Está planejando uma viagem ao Rio Grande do Norte? Então saiba mais sobre essas delicias e onde encontrá-las! Continue lendo e confira 12 deliciosas dicas, que separamos para você.

1. Paçoca de carne de sol

Um dos pratos típicos do Rio Grande do Norte é a paçoca. Porém, essa iguaria nada tem a ver com o tradicional doce de amendoim conhecido em outras regiões do país.

Na culinária potiguar, a paçoca é uma espécie de farofa, composta por farinha de mandioca e pedaços de carne de sol desfiados, temperados com cebola, alho, coentro e cebolinha. Pode ser servida como acompanhamento para outros pratos mais secos ou até mesmo como tira-gosto.

2. Baião de dois

Prato típico nordestino, o baião de dois tem muitas variáveis em toda a região, mas consiste, basicamente, no cozimento primeiro do feijão e depois do arroz, na mesma panela.

Como o arroz cozinha no caldo do feijão, muitas receitas também o aproveitam para cozer pedaços de carne de sol e linguiça. Finalizado, o acréscimo de queijo coalho dá aquele toque especial à receita.

3. Bobó de camarão

Quem não ama um bobó de camarão? Esse é um dos pratos mais apreciados no Rio Grande do Norte. O creme do bobó é feito à base de purê de mandioca, camarões frescos, gengibre e azeite de dendê. Acrescenta-se a ele mais camarões refogados em leite de coco e temperos diversos, em especial o coentro. Uma verdadeira explosão de sabores.

4. Feijão-verde

Um dos carros-chefes da culinária de Natal, o feijão-verde, feijão-de-corda ou, ainda, feijão-fradinho, é um dos pratos mais consumidos em todo o Nordeste e um dos melhores acompanhamentos para a carne de sol.

Seu modo de preparo é bastante simples e segue os mesmos moldes do feijão tradicional, inclusive os temperos. A diferença é que, geralmente, essa receita se faz mais cremosa, com nata fresca, queijo coalho, requeijão ou creme de leite.

5. Arroz de leite

O modo de preparo desse arroz segue as receitas convencionais. Porém, assim como o feijão-verde, para dar maior cremosidade ao prato, quando o arroz está cozido e a água toda seca, acrescenta-se meia xícara de leite com manteiga ou margarina, deixando cozinhar um pouco mais até o arroz apresentar uma consistência cremosa.

6. Doce de caju em calda

O caju é uma verdadeira paixão do potiguar. Inclusive, o Rio Grande do Norte ostenta um dos maiores cajueiros do mundo. Como prova desse gosto pela fruta abundante do estado, existem diversas sobremesas com sua polpa, mas o doce de caju em calda ganha destaque. É muito simples de fazer e divino de comer. A receita leva 20 cajus médios, 500 gramas de açúcar, cravo e canela a gosto.

7. Cajuína

Ainda sobre o caju, outra delícia presente nas mesas dos potiguares é a cajuína. Essa bebida é preparada à base do suco da mesma fruta e a sua coloração é devido a um processo natural para caramelizar seus açúcares. Além de deliciosa, é muito nutritiva. Para experimentar, você encontra garrafas em mercados ou restaurantes de todo o Nordeste.

8. Cartola

Outro doce bastante popular em terras potiguares é a cartola, que combina bananas maduras fritas ou cozidas em tiras, cobertas com queijo de manteiga ou coalho e polvilhadas com açúcar mascavo e canela, ou até mesmo cacau em pó. Essa sobremesa é muito comum em diversos estados nordestinos, e no Rio Grande do Norte não é diferente. Em cada loja, restaurante ou doceria, você vai encontrar uma.

9. Bolinho de macaxeira

Esse não precisa nem olhar. Só de imaginar já dá para ter uma ideia da delicia que é. A macaxeira, ou mandioca, está presente em diversos pratos típicos do Rio Grande do Norte, mas, nessa versão de bolinho recheado, ela ganha disparado. O recheio pode ser variado, com queijo coalho e carne de sol ou camarão, por exemplo. Uma dica para quem quer degustar os sabores dessa iguaria é o Marenosso Restaurante, em Natal.

10. Caranguejada

É, definitivamente, uma delícia. Melhor ainda se for na praia. E como estamos falando de Rio Grande do Norte, isso não fica muito difícil, não é mesmo? Encontrar uma caranguejada em quiosques e restaurantes das praias do estado é algo muito comum e, sem dúvida, o prato é um dos mais requisitados. Quem não gosta de quebrar a casquinha e comer aquela carne de sabor único, e tudo de frente para o mar?

11. Escondidinho

O escondidinho é mais um entre os pratos típicos do Rio Grande do Norte de dar água na boca. O recheio pode ser variado, mas há de se convir que, para ser original, tem que ser de carne de sol. Um creme de macaxeira faz a cobertura e é levado ao forno para gratinar. Simples e maravilhoso. Ainda estão para inventar prato mais gostoso que esse no mundo.

12. Carneiro na brasa

Depois da carne de sol, o carneiro é a preferência do potiguar. E o turista que visita o estado também agradece, afinal, essa carne é oferecida nos cardápios de diversos restaurantes e bares, em diferentes pratos. O churrasco de carneiro é inigualável. A carne macia e o sabor marcante são característicos desse prato delicioso. Uma dica é que a carne fique marinando, de um dia para o outro, com temperos e vinho branco, para dar mais sabor e maciez.

Essas foram algumas dicas dos melhores pratos típicos do Rio Grande do Norte. Quem visita o estado, com toda a certeza, não tem somente praias e lindas paisagens para apreciar. Prepare-se para comer muito bem e se divertir com um povo extremamente receptivo e animado.

Curtiu o post? Agora que você conheceu as delícias que o Rio Grande do Norte reserva, precisa saber onde encontrá-las, não é mesmo? Por isso, aproveite e conheça 6 principais restaurantes na cidade de Natal.

 

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *