Home Por que você precisa conhecer o turismo religioso em Natal?

Por que você precisa conhecer o turismo religioso em Natal?

Natal é um ótimo destino para quem quer fazer uma viagem inesquecível e fugir um pouco da rotina agitada. A cidade possui belas praias, vários monumentos históricos e boas opções para quem curte a vida noturna. Outra maneira de aproveitar a viagem é fazer um turismo religioso em Natal!

O turismo religioso tem crescido expressivamente no Brasil. Visando tornar a capital potiguar uma referência nesse segmento, a prefeitura da cidade lançou dois roteiros de turismo religioso em Natal.

Neste artigo, vamos abordar as principais atrações desses dois roteiros e mostrar a você como essa forma de conhecer a cidade pode ser interessante. Confira a seguir!

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação

Essa igreja foi construída em 1599 — ainda como uma pequena capela — para a missa de fundação de Natal. Assim, é considerada a construção católica mais antiga da cidade, fazendo parte do primeiro roteiro de turismo religioso em Natal.

Foi a catedral de Natal até meados do século XX, mas acabou ficando pequena à medida que a cidade foi expandindo. Logo, foi construída a Catedral Metropolitana, onde estão localizados objetos utilizados pelo Papa João Paulo II quando visitou a cidade em 1991.

Igreja de Nossa Senhora dos Rosários dos Pretos

Foi erguida por escravos em um terreno da Cidade Alta em 1714 e era frequentada apenas pelos mais pobres e negros.

Quem quiser visitar a igreja pode assistir a uma missa realizada na forma extraordinária do Rito Romano, em que o monsenhor a celebra em latim e de costas para a plateia.

Igreja Santo Antônio

É a única igreja existente na cidade com traços da arte barroca e conhecida como a Igreja do Galo, devido a um cata-vento em formato de galo situado no topo da torre.

O teto da igreja foi pintado, originalmente, com imagens de Nossa Senhora da Conceição e de Santo Antônio de Pádua. No entanto, esses quadros foram retirados por causa da falta de conservação e estão expostos no Museu de Arte Sacra, que fica no anexo à direita da igreja.

Igreja de Nossa Senhora de Lourdes

Em Petrópolis, encontramos a Igreja de Nossa Senhora de Lourdes. É um lugar muito frequentado pelos fiéis devotos do Padre João Maria, cujos restos mortais estão guardados lá.

Santuário dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu

O segundo roteiro de turismo religioso em Natal contempla o santuário construído em 2009, no bairro de Nazaré, em homenagem às vítimas do massacre ocorrido durante a invasão holandesa ao Brasil.

A paróquia abriga o quadro oficial dos 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu, os quais foram declarados santos pelo Papa Francisco em 2017.

Santuário de Nossa Senhora de Fátima

No dia 13 de todo mês, é celebrada uma das missas mais frequentadas de Natal no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, localizado no Parque das Dunas.

Uma das atrações mais esperadas do santuário é a construção da réplica da capela de Fátima.

O turismo religioso em Natal prova que essa cidade tem muito mais a mostrar do que um cenário paradisíaco e uma gastronomia maravilhosa. Além da beleza que apresentam, as igrejas da capital potiguar são pontos turísticos muito atrativos que contam muitas histórias e trazem riqueza cultural.

O que achou das nossas dicas sobre o turismo religioso em Natal? Conte para nós nos comentários!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *