Home Roteiros religiosos no Rio Grande do Norte: saiba o que visitar

Roteiros religiosos no Rio Grande do Norte: saiba o que visitar

Os roteiros religiosos no Rio Grande do Norte sempre foram um destaque do turismo católico de todo o Brasil. Mas agora o estado tem ainda mais motivos para receber esse público em suas cidades, igrejas e conventos. Tudo porque, recentemente, o Papa Francisco canonizou alguns mártires potiguares e suas terras natais passaram a chamar mais atenção de fiéis e turistas de todos os cantos.

Quer conhecer um pouco dessas regiões e suas curiosidades? Então, prepare-se para saber que o turismo no Rio Grande do Norte vai muito além das praias exuberantes e da cultura rica de seu povo. Uma pitada de fé e história pode completar ainda mais seu roteiro por lá. Vamos começar?

Conheça a maior estátua católica do mundo

Se você imaginava o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, como a maior estátua católica do mundo é porque ainda não passou pela cidade de Santa Cruz, a 115 km de Natal. A imponente imagem de Santa Rita de Cássia ostenta ao todo 93m de altura, contando com seu pedestal. A imagem carioca, assim como a própria estátua da Liberdade em NY, não chega nem perto da grandiosidade do monumento. Sem dúvidas, um dos mais importantes roteiros religiosos do Rio Grande do Norte.

Descubra a história de Natal por meio de suas igrejas

A capital potiguar é repleta de encantos e sua história pode ser esclarecida, em partes, por meio das igrejas históricas que resistem com suas belezas arquitetônicas de séculos atrás. Entre elas, você pode incluir na lista a Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, em Petrópolis, que ainda guarda os restos mortais do Padre João Maira e a Igreja de Nossa Senhora da Apresentação, que abrigou a antiga catedral da cidade, além da atual Catedral Metropolitana, uma construção maior e mais moderna.

Visite as cidades dos mártires canonizados pelo Papa

Em 2017, os 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu, massacrados em 1945, foram declarados santos pelo Papa Francisco. No local do massacre, em São Gonçalo do Amarante, foi erguido um monumento em homenagem aos mortos, com capacidade de até 20 mil peregrinos. Segundo relatos históricos, o ocorrido foi há 372 anos com um ataque de tropas holandesas que dizimou pelo menos 150 pessoas. No entanto, apenas esses 30 teriam sido identificados na ocasião e por isso, receberam a canonização.

Os novos santos brasileiros

O motivo principal do massacre dos mártires foi a intolerância holandesa, que propagava o protestantismo e, assim, os adeptos católicos que se recusassem a se converterem eram executados. A história desses novos santos, segundo a Igreja, se baseia na luta e resistência pela fé durante a batalha. Uma das curiosidades é que entre eles estavam 16 adultos, 12 jovens, duas crianças e um bebê.

Essas são algumas dicas dos incríveis roteiros religiosos no Rio Grande do Norte. Se busca viajar movido pela fé ou pela vontade de conhecer mais a fundo a vasta história da região, não deixe de passar por esses lugares.

Gostou de conhecer mais sobre esses roteiros religiosos do Rio Grande do Norte? Quer conhecer o Nordeste ou sonha visitar um dia? Sem problemas, a gente quer que você saiba tudo de melhor que tem por aqui. Por isso, curta nossa página no Facebook, que sempre compartilhamos umas coisas bem legais por lá.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *