Saiba quais são os diferenciais do aeroporto de Natal (RN)

4 minutos para ler

Sabia que o aeroporto de Natal é considerado um dos melhores do país? Com capacidade para até 6 milhões de passageiros ao ano, o terminal oferece voos nacionais e internacionais e se destaca no setor pela excelência da infraestrutura e dos serviços entregues aos turistas, como facilidade de embarque, disponibilidade de assentos e higienização dos banheiros.

Além dessas características, há a cordialidade dos funcionários, que também é bem-avaliada pelos turistas que passam pelo aeroporto da Cidade do Sol. Quer saber mais informações sobre esse terminal e conhecer mais um motivo para apreciar a cidade de Natal e seus lindos atrativos? Continue a leitura deste post e confira as informações que preparamos para você!

Conheça a história do aeroporto de Natal

O Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves funciona desde 31 de maio de 2014 em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Ele é o primeiro aeroporto nacional totalmente administrado pela iniciativa privada, tem 42 mil  e capacidade para 6 milhões de passageiros por ano.

Estima-se que, até 2038, essa capacidade anual vai chegar a 11 milhões de passageiros. A iniciativa, da Corporación América, teve investimento de R$ 480 milhões e conta com 28 anos de concessão. O Aluízio Alves é também considerado o maior exportador do Nordeste.

Há voos para a América do Sul e para a Europa. Além disso, o aeroporto recebe, é claro, turistas interessados em conhecer a Cidade do Sol e seus atrativos, como boa comida, lindas paisagens, clima agradável, forró pé de serra e extensa programação noturna. As principais linhas aéreas do aeroporto são a Azul, a Latam e a Gol.

Entenda quais são os diferenciais

O terminal de Natal aparece como um dos melhores em pesquisa sobre os aeroportos do país realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação em 2018. Ele ganhou a segunda colocação junto ao terminal de Manaus, que alcançou uma nota de 4,46, numa escala de 1 a 5, na categoria de aeroportos que recebem até 5 milhões de passageiros por ano.

A pontuação reflete o grau de satisfação dos usuários com os serviços prestados, como disponibilidade de assentos (que recebeu nota 4,60), facilidade de desembarque (4,56), cordialidade dos funcionários da área de segurança (4,59) e higienização dos sanitários (4,44).

Powered by Rock Convert

O aeroporto também conta com oito pontos de embarque, wi-fi gratuito, sistema totalmente automatizado de bagagens, praça de alimentação e lojas diversificadas. Por tudo isso, é considerado um dos mais modernos do país. Segundo a mesma pesquisa, o melhor aeroporto do Brasil é o de Vitória, com 4,59 pontos no geral.

Nessa categoria, também estavam inclusos os terminais de Florianópolis, Belém, Cuiabá, Manaus, Goiânia e Maceió. Já na pesquisa geral, que mede todos os aeroportos do país independentemente da capacidade de passageiros, o terminal de Natal alcança a quinta posição.

Saiba como acessar a cidade a partir do aeroporto de Natal

O aeroporto fica em São Gonçalo do Amarante, cidade vizinha de Natal, e se encontra a 36 quilômetros da Praia de Ponta Negra, região que concentra a rede de hotéis da capital.

Uma boa maneira de chegar a Natal é passar pela Ponte Newton Navarro. Por lá, pode-se chegar às dunas de Genipabu e ao Forte dos Reis Magos, bem como aproveitar Ponta Negra e planejar viagens até as praias de Pipa e os corais de Maracajaú.

As opções de transporte saindo do aeroporto são táxis, vans de agências de viagens e aplicativos de transporte. O valor do carro particular é de, em média, R$80 para a Cidade Alta e R$ 100 para Ponta Negra. Para esse último destino, há opções de van que costumam custar R$ 35 por pessoa. 

Como visto, a Cidade do Sol tem uma excelente estrutura para receber os turistas. Além dos atrativos naturais e culturais, repletos de belas paisagens, rica gastronomia e forró tradicional, o aeroporto de Natal é outro destaque que não deixa nada a desejar ao turista mais exigente!

Quer saber outras informações sobre a capital do Rio Grande do Norte? Assine nossa newsletter e fique sempre por dentro de nossos conteúdos.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-